Anuncio layout

Anuncio layout
Encomende já o seu layout!
- 19.2.17

Depois do Ensino Médio



Já fazem mais de 2 anos que eu terminei o Ensino Médio, e ainda me encontro nesse dilema de não saber o que quero. Ao contrário do que eu imaginava, eu não arrumei um emprego, não fui pra faculdade, e nem me tornei uma adulta exemplar. Na verdade, ainda me sinto uma criança perdida no super mercado. E se você se sente da mesma forma, eu tô aqui pra falar o que ninguém diz: Tá tudo bem! 

Nos últimos meses, especificamente quando percebi que 2016 estava acabando e eu não tinha evoluído nada, eu comecei a surtar. Ainda me sentia a mesma menina de 17 anos saindo da escola. Parecia que a minha vida não tinha progredido nada, que eu não tinha me tornado nada. Enquanto todos que eu conheço estão na faculdade, fazendo estágio ou tem um emprego legal do que gostam, estou aqui, na frente do meu computador indo a lugar nenhum. Comecei a ficar doida, procurando emprego de todas as formas (e até agora não consegui). Chorava quase todos os dias de frustração, de raiva por ser assim, eu me sentia mal, me sentia fracassada. 

Mas espera, nem cheguei nos 20 ainda e preciso mesmo me cobrar tanto? Poxa, eu queria sim ter um emprego, e estar no ensino superior, mas sou mesmo uma fracassada por não ter conseguindo ainda? Coisa que nem sequer é culpa minha? Eu tenho trabalhado sim, e trabalhado duro. Saí do nada, comecei aos poucos e conquistei uma vida profissional. Com isso, ganhei meu dinheiro e aprendi muita coisa. S-O-Z-I-N-H-A. Além dos meus projetos pessoais, dos quais eu tenho sido muito dedicada. Isso é fracassar? Isso não é progredir? É o que então? 

E o que eu percebi com tudo isso, é que me magoar achando que eu não sou boa o suficiente só me prejudica. Me atrasa. Me lamentar por ainda não ter conseguido um emprego ou entrar na faculdade... isso só me faz mal. Enquanto focar no que eu quero, me esforçar, me dedicar, ir em frente com o que eu gosto e me sustenta, me deixa cada vez mais feliz. Então talvez, depois do Ensino Médio, eu não precise necessariamente fazer o que todo mundo faz. Porque o meu sonho, não é o sonho de todo mundo. 

E talvez eu nem saiba ainda qual é o meu sonho. E tá tudo bem. O que importa é seguir o caminho, mesmo que seja diferente, mesmo que ninguém entenda, mesmo que nem saiba onde esse caminho vai dar. Desde que seja pra frente: tá tudo bem. 

Comente com o Facebook:

10 comentários:

  1. Caramba! Me identifiquei super com esse texto, principalmente com o primeiro parágrafo. Eu não me imaginava exatamente trabalhando, mas, já fazendo minha faculdade, que eu na época nem sabia ao certo qual seria. Vejo meus amigos trabalhando, namorando, fazendo faculdade, e eu aqui... 😓 Mas, sei que um dia vou fazer faculdade, que é algo que sempre sonhei, mesmo tendo sido indecisa na maior parte do tempo, sobre qual curso eu queria fazer, mas, já me decidi. 🙂 Sonho muito também, em conseguir trabalhar com meu blog ou canal! 😍

    www.belezaculta.com

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. E qual faculdade você decidiu fazer? Aaah, que bom que não sou a única a me sentir dessa forma kkkkkkkk as pessoas falam pouco sobre isso, sempre querendo se mostrar perfeitas, realizadas... mas ás vezes faz bem conversar sobre o que é real. E simm, é um sonho mesmo, mas acho que blog/canal é como um investimento, que aos poucos vai dando resultado, então já tamo trabalhando nisso né? KKKK Beijos!

      Excluir
  2. As vezes é uma questão de vivenciar uma experiência, faculdade e emprego é algo legal, sim é, porém existem outras coisas muito boas para se fazer nesse período de decisão, por exemplo os cursos. Aconselho a fazer um curso de idiomas e participar de vários Workshop. Tenho certeza que isso irá ajudar a você ma decisão de qual faculdade fazer.

    http://elapensatambem.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Ah, eu já sei qual faculdade quero fazer, de um tempo pra cá, comecei a ter mais certeza sobre o que eu quero, mas mesmo assim acho que vou procurar algum workshop, pode ser interessante. Muito obrigada pelo comentário! Beijos ♥

      Excluir
  3. Nossa, me identifiquei muito com esse texto. Me formei ano passado e sinto que não estou fazendo o que eu realmente gosto. Fico vendo todos os meu amigos e colegas de classe indo pra faculdade e eu ainda nem sei muito bem o que cursar. Bate um pouco de desespero, parece que estou fazendo algo de errado e não sei o quê!!

    Beijão!

    Boas de Papo

    ResponderExcluir
  4. SUPER ME IDENTIFIQUEI! Em 2014 concluí o ensino médio completamente perdida sobre qual carreira seguir, hoje ainda não sei qual desejo mas já sei quais áreas mais me agradam. Também estou desde lá procurando e emprego, sem nenhum sucesso. Algumas entrevistas de emprego sem êxito algum, o que me deixa ainda mais frustrada. Assim como você eu paro pra pensar e vejo ex colegas seguindo suas carreiras, na faculdade, no trabalho, dando passos a mais, e eu aqui parada ainda. Sofro com transtorno de ansiedade e crises de pânico, e ter esse tipo de pensamento só me prejudica mais. É estranha essa pressão toda em cima da gente, veja só, aos 16 ter que decidir qual carreira quer seguir durante toda a tua vida, e aos 20 já ser uma pessoa bem sucedida ou ter meio caminho andado. Eu tento mentalizar que está tudo certo, que estou no meu tempo, mas é difícil. Por vezes me pego com vergonha de conversar com os amigos e até conhecer gente nova, é estranho hoje em dia uma pessoa aos 19 não cursar faculdade nenhuma e nem trabalhar (nem é coisa do outro mundo). Gosto de saber que não sou a única "estranha" passando por isso!
    Simples Bella

    ResponderExcluir
  5. Acho complicado. Sair do ensino médio com 16/17 anos e já saber o que você quer.
    Com essa idade, a gente não sabe de quase nada. Imagina, então, escolher uma profissão para o resto da vida?
    Mas, como a ~sociedade~ espera que a gente faça faculdade e tenha um emprego CLT 9 horas + 1 hora de almoço por dia e folga no fim de semana, a gente as vezes se sente fracassada, né não?
    Eu demorei um ano para escolher o que eu queria. Na verdade, até hoje tenho minhas dúvidas.
    Acredito que seja bom se lembrar também que escolher uma faculdade não é um termo para o resto da vida. A gente pode mudar de caminho sempre né?
    E, fora que: faculdade + emprego não é selinho de qualidade de vida. E cá entre nos, estar se sentindo feliz é melhor do que qualquer coisa.
    E moça, se cobra não. Tem muita vida pela frente para fazer tudo.

    Um beijo.

    ResponderExcluir
  6. Obrigada! Eu precisava muito ler algo assim, porque essas ultimas semanas não estão sendo faceis. Resultado do ENEM, Sisu, Prouni...
    Não consegui entrar na universidade que eu queria e estou me sentindo muito mal por isso, minhas amigas já estão cursando o curso que queriam, menos eu. Vai fazer 2 anos que terminei o ensino médio e ainda continuo sem conseguir nada do que eu quero, é bom saber que existem outras pessoas que sentem o mesmo que eu. Mas ainda tenho 18 anos, tenho certeza que ainda irei ser muito feliz e realizada nessa vida, por isso que por mais que eu sinta vontade de desistir dos meus sonhos, eu não desisto nunca.

    ResponderExcluir
  7. Menina você me descreveu, e ainda bem que está tudo bem! Tenho 17 anos e sai do ensino médio e já estou desesperada, mas creio que há um tempo para todas as coisas, e temos que aproveitar cada momento!
    Conteiepronto.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Quando eu terminei fiquei assim também, totalmente frustrada por não ter conseguido entrar em uma faculdade, não trabalhar, não ser boa em algo, a pressão principalmente dos meus pais por que não estar na faculdade, aquilo me doía tanto, hoje eu estou na faculdade, não exatamente como minha mãe queria e nem no curso que ela gostaria que eu fizesse mas estou apesar de sentir que não sou exatamente um orgulho pra ela, estou muito feliz no curso que escolhi, estou um pouco frustrada no momento por não ter um emprego mas estou indo atrás.
    O problema é que todo mundo acha e nos faz achar também que por não entrar na faculdade logo ou não querer fazer uma faculdade, faz de nós fracassados assim, automaticamente, que não vai conseguir se sustentar, tenho certeza que tem gente por aí bem sucedida e feliz sem nunca ter feito uma faculdade, nem sempre o que queremos, tem uma faculdade ou um emprego "comum" envolvido nesse processo.
    Agenda Aleatória

    ResponderExcluir

• 2015 - 2017 Feito com ♥ por Lariz Santana