Eu não sou uma pessoa muito religiosa. Fazem alguns anos que não vou mais para a igreja. Porém, eu tenho uma fé muito forte.

Já faz um bom tempo, quase dois anos, que comecei a orar todos os dias, não para pedir coisas, mas para agradecer. Todo dia agradeço a Deus pela minha vida, pela minha família, pelo meu namorado, pelo meu trabalho, e pelo que mais eu lembrar de agradecer. Agradeço a Jesus por ter morrido na cruz por todos nós. Tem dias que a oração é mais rápida, e em outros é mais elaborada. Mas não é como uma obrigação, é mais como um ritual.

Eu faço o possível para não pedir, porque sei que meu Pai já fez muito por mim, Ele fez esse mundo, Ele me criou, Ele me deu essa vida maravilhosa que eu tenho. E o que eu fiz por Ele? Não tenho posição para pedir nada. Mas há coisas que não estão no alcance de ninguém mais, e é quando estou nessas situações, que eu peço. Geralmente peço por proteção, para minha família, ou para quem quer que precise. Quando não é por proteção, é por amor, por sabedoria, por paciência, ou simplesmente pra que as coisas melhorem.

Não sei explicar, mas sei que quando oro, tudo melhora. Admito que nem sempre dobro meus joelhos para isso, o que eu deveria fazer mais, mas oro com toda a minha força e meu coração. E sinto que alguém me ouve. Eu fico feliz ou mais calma. E pelo que me lembro, todas as minhas preces, até hoje, foram atendidas.

Lembro que antes eu ficava muito agoniada com algumas situações, eu sentia muita raiva, muito ódio dentro de mim, me sentia triste a maior parte do tempo. Mas desde que comecei a mudar a minha postura sobre os meus dias, desde que comecei a ser grata pelo que eu tinha, em vez de colocar minha atenção no
 que falta, desde que busquei ver o melhor lado para tudo, e quando era difícil ver o melhor lado, passei a confiar que Deus faria o melhor na minha vida, tudo passou a ser tão melhor pra mim.

Não que as coisas passaram a ser mais fáceis, na verdade passei por situações bem difíceis, problemas na minha família, problemas financeiros, e muitas outras coisas que eu poderia contar aqui, mas eu não quero falar dos obstáculos, eu quero falar sobre como venci todos eles: orando. Porque todas as vezes que algo ruim acontecia, eu orava e tinha fé, e logo tudo melhorava. E não tem jeito melhor de encarar os meus problemas do que esse. De verdade, não tem.

E nesses últimos dois anos, o que percebi é que minha oração não tem poder algum se eu não tiver fé nela. Porque não adianta eu pedir que tudo melhore, e continuar chateada, angustiada, triste. Eu preciso pedir e ter fé. Porque sei que em cada oração que eu faço, a resposta é “Vou fazer o que for melhor pra você”. E se Deus me diz que vai fazer o melhor pra mim, porque devo duvidar que isso vá acontecer? Se eu não tiver fé, a minha oração não tem força. E não estou falando que precisa de muita fé não, só um pouquinho de fé, do tamanho de um grão de mostarda, será o suficiente.

Hoje é um daqueles dias em que passo por uma daquelas situações difíceis. Hoje eu orei. E nessa oração eu me comprometi a escrever sobre isso e postar. Não costumo falar sobre esse assunto, mas hoje Deus quis que eu falasse. E tudo que eu consigo imaginar é que essa mensagem é pra você, então se você chegou até aqui, saiba que não importa o que você está passando, não importa quão difícil está sendo, ore, tenha fé, e não importa qual seja sua oração, a resposta que Deus te da, é: “Vou fazer o melhor para a sua vida”.